Sou a Sandra Baumel Durazzo e, junto com minha sócia, Vera Richetti Lemos, dirijo uma empresa de assessoria no ensino de línguas estrangeiras. Fiquei feliz ao ser convidada pela Cia Empreendedora, empresa que acompanho e admiro desde a fundação, para contar a minha história de empreendedorismo.

Tudo começou ainda na escola. Eu adorava dar aulas. Minhas melhores amigas, que me conhecem desde aquela época, dizem que sempre tive alma de professora! E tenho mesmo. Ensinar é uma paixão. É o que me realiza.

Bem, eu era da área de exatas. Adorava matemática, física, e línguas cuja estrutura e descobertas me fascinavam. Cursei engenharia mecânica e desde o começo da faculdade dava aulas de matemática, química, física e inglês. Durante o curso fui monitora de disciplinas da área da física e ainda fiquei um ano depois de formada dando aulas de Estabilidade na faculdade.

Trabalhei um tempo como engenheira e depois fui ajudar no negócio da família – uma malharia e confecção. Nunca abandonei as aulas particulares, especialmente as de inglês, o que foi uma grande porta que se abriu para mim.

Quando nossa primeira filha nasceu, decidimos dar um rumo próprio às nossas vidas e, meu marido e eu, saímos em busca de novas oportunidades. (OK, não foi uma boa escolha de momento, mas…). Enquanto propostas de emprego não vinham, aumentei a carga de aulas. E quando as primeiras vieram, eu ganhava mais e era MUITO mais feliz dando aulas do que imaginava que seria naquelas vagas.

Decidi então abraçar a profissão de educadora. Fui trabalhar em escolas de idiomas, nas quais aprendi muito e depois em escolas regulares, quando passei a me especializar como educadora. Lembro da minha primeira reunião de professores. Eu não entendia nem as perguntas, quanto mais as respostas! Estudei muito e passei a entender, gostar, discutir e atuar como formadora de professores.

Até que a Escola da Vila, onde a Vera e eu éramos professoras, nos pediu para pensarmos em como incrementar o currículo de inglês da escola. Foi a chance para elaborarmos um desenho de empresa que atenderia esta e outras escolas, interessadas na mesma coisa: incrementar a formação em línguas estrangeiras dentro do currículo!

No ano 2001 a Target Idiomas começou as atividades. Vera e eu passamos a estudar métodos, teorias e analisar experiências de ensino de segunda língua, língua estrangeira, contextos bilíngues, aprendizado simultâneo, consecutivo, enfim, buscamos respostas para perguntas nossas, das escolas e, especialmente, dos pais dos alunos.

Aos poucos a Target diversificou seu campo de atuação, passando a assumir cursos extracurriculares dentro das próprias escolas, consultoria para elaboração curricular, formação de professores, avaliação certificadora e assessoria para quaisquer temas relacionados ao aprendizado de LEs.

A grande satisfação desse trabalho é ver o aprendizado dos alunos, seja nos cursos de responsabilidade direta da Target, seja nos cursos conduzidos sob a nossa supervisão, seja nos resultados compartilhados pelos professores que passaram pela nossa formação!

Sandra Baumel Durazzo

Diretora da Target Idiomas