Dizem que uma empreendedora nasce empreendedora, será? Muito se fala das características das empreendedoras, mas será que você sabe quais são? Qual a importância de saber? Você consegue desenvolver ao longo do tempo essas características?

Achamos que sim! Sim, é importante saber quais são. Sim, é importante saber se você tem ou não. E sim, é importante prestar atenção, aprender e desenvolver as características que você ainda não tem. Então vamos aprender sobre cada uma delas?

  1. INICIATIVA

Quem tem iniciativa enxerga a oportunidade e corre atrás dela. Faz as coisas antes do solicitado ou antes de forçado pelas circunstâncias. Aproveita oportunidades fora do comum para começar um negócio. Ter iniciativa e ser proativa, podem ser características diferentes, mas quando tratamos de empreendedoras, elas se parecem bastante! Proativa é aquela que apresenta soluções e ideias antes das outras pessoas, mas que não se sente mais importante por apresentá-la e nem cobra por isso!

E você? Tem iniciativa? Fica com olhos e ouvidos abertos para as oportunidades que podem aparecer na sua frente? Antecipa a necessidade de seus clientes? O perigo da iniciativa é fazer muitas coisas ao mesmo tempo, é não ter foco no que é importante e também não delegar tarefas a terceiros, tome cuidado!

  1. AUTOCONFIANÇA

A empreendedora autoconfiante é aquela que mantém seu ponto de vista, mesmo diante da oposição ou de resultados inicialmente desanimadores. Ela expressa confiança na sua própria capacidade de completar uma tarefa difícil ou de enfrentar um desafio, busca autonomia em relação a normas e controles dos outros. Ela é segura de suas ações e confia no seu feeling. Uma outra característica que deve ser irmã da autoconfiança é a resiliência, ou seja, a capacidade de cair, levantar e continuar tentando. Isto porque não adianta você estar segura de sua decisão e quando algo errado acontecer você não ter a capacidade de se reinventar, de se ajustar e principalmente de tentar novamente.

É uma característica muito importante e que se você não tem precisa ser desenvolvida, arrisque, confie mais em você! E saiba que ao cair você tem a capacidade de levantar!

  1. PLANEJAMENTO

Buscar informações, estabelecer metas, planejar e monitorar sistematicamente suas metas é uma qualidade mais do que importante! E infelizmente, como empresa, é uma das mais esquecidas… Tudo deve começar pela busca de informações, que é quando a pessoa dedica-se pessoalmente a obter informações de clientes, fornecedores e concorrentes, investiga como fazer o produto ou proporcionar o serviço e consulta especialistas para ficar por dentro de todos os processos.

A segunda parte desta característica é o estabelecimento de metas. A meta da empreendedora tem que ser o SONHO COM DATA MARCADA! A empreendedora tem que ter a capacidade de estabelecer metas e objetivos que são desafiantes, e que tem um significado pessoal, tem que ter visão de longo prazo, clara e específica. E, além disso, estabelecer objetivos de curto prazo que sejam mensuráveis.

Por último e não menos importante, as metas precisam ser monitoradas sistematicamente. O planejamento deve ser subdividido em pequenas tarefas com prazos definidos. Esses planos devem ser revisitados, conferidos e alterados caso seja necessário. A empreendedora tem como característica se ajustar a situações adversas, mas sempre mantendo seu sonho como pano de fundo.

  1. CORAGEM PARA CORRER RISCOS

A empreendedora que tem essa particularidade avalia alternativas e calcula riscos deliberadamente. O papel desta característica é agir para reduzir os riscos. No Brasil que vivemos sabemos que ao sair na rua corremos riscos, certo? Então o que podemos fazer para reduzir esses riscos? Temos que nos colocar nas situações que implicam desafios e riscos moderados, tomando o cuidado para não paralisarmos diante de tantos problemas que podemos antever.

Correr riscos é diferente de correr perigo, segundo João Paulo Diniz. Se a empreendedora tem todas as informações de seu negócio ela corre riscos calculados e não perigo.

  1. LIDERANÇA

Ser líder é estimular e motivar constantemente a sua equipe, é ser um bom ouvinte, um bom pacificador e deixar sua equipe (que se estende a clientes e fornecedores em diversos casos) motivados! Claro que de forma ética e positiva, senão o objetivo se perde. Uma empreendedora que não tenha essa característica precisa urgentemente encontrar meios de desenvolver. Utilizar pessoas como agentes para atingir o seu objetivo, influenciar ou persuadir as pessoas é uma qualidade essencial a empreendedora.

Faça uma reflexão interna sobre essas características e se precisar de ajuda há vários profissionais no mercado que podem te auxiliar! Seja forte e pense positiva!

Nara Duarte Pinski

Empreendedora e Fundadora da CIA. Empreendedora