Você sabe como criar um site que seja funcional de verdade? Antes de começar a utilizar as ferramentas de criação, vamos te ajudar a planejar o seu site!

Está com dúvidas em como criar um site profissional? Você alguma vez já pensou em adotar uma checklist do site ideal em seu projeto? A criação é um processo que podemos pensar estarmos familiarizados, mas será que realmente entendemos o que precisa ser feito?

Nós já demos dicas para ter um website de sucesso em outro post, e agora vamos falar sobre quais assuntos você precisa dar atenção para atender o seu público e resolver os seus problemas.

Vamos ser bem diretos: para ser considerado bom, um website precisa cativar o público em certos pontos específicos como velocidade, experiência e, principalmente, ele precisa atender o que o usuário está buscando.

Planejamento é a chave para não falhar

Terminar uma tarefa e ficar com aquela sensação de que está faltando alguma coisa pode ser frustrante.

Para que um projeto não sofra com problemas no futuro ou não precise passar por muitas alterações, basta seguir a nossa checklist. Lembrando que você pode adaptá-la para caber melhor na sua proposta.

Ter uma checklist é uma das melhores formas de garantir a qualidade do que você está criando e não deixar passar nenhum detalhe, já que, quando estamos falando de internet, qualquer detalhe mínimo pode prejudicar a visibilidade.

SEO e CRO

Esses termos que são familiares para a maior parte dos desenvolvedores e designers, mas te explicamos, caso você esteja começando agora e ainda não possua tanta experiência na área.

SEO, ou Search Engine Optimization, se trata de um conjunto de técnicas utilizadas para melhorar o ranqueamento do seu site nos mecanismos de busca através do aumento do tráfego orgânico. Seu site precisa ter uma divisão clara dos assuntos e cada página precisa ter um objetivo.

Você é advogado e trabalha dentro da área de direito do trabalho? Divida os serviços em páginas diferentes para atender melhor o usuário, com boas chamadas para a ação no final. Lembrando, cada página deve ter seu conteúdo elaborado em torno de uma palavra-chave para que o usuário chegue no seu site ao pesquisar por este termo.

CRO, sigla de Conversion Rate Optimization, é um conceito que engloba as técnicas de melhoria em relação a conversão de leads em clientes da empresa através da sua landing page ou site.

Leve em consideração alguns princípios CRO na hora de planejar sua página de conversão:

  • Os elementos do site possuem um objetivo claro? Ele está claro para o usuário também?
  • As informações de contato estão claras para os usuários?
  • O site possui chamadas que passem a ideia do serviço e conversem com os problemas dos usuários?
  • Os diferenciais da empresa estão explícitos? Por que devem confiar na sua empresa?

Planejando esses dois pontos na hora de criar o seu website, você terá uma direção clara a seguir e saberá como estruturar os assuntos dentro do seu site para que os usuários encontrem o que estão buscando na sua empresa.

Design responsivo

Mais do que ser bonito – se você já se perguntou como criar um site, saiba que deve direcionar suas preocupações para a funcionalidade dele. Claro que um design que faça jus à sua marca é importante e necessário para um bom branding, mas um dos fatores que mais pesam nos critérios do Google é a responsividade.

Do que se trata? Da forma como o design do seu site é apresentado em diferentes telas e dispositivos. De acordo com uma pesquisa de 2019 feita pela Cetic, a TIC Domicílios, somente 4% da população que utiliza internet realiza o acesso apenas via desktop.

O design responsivo se preocupa em oferecer a mesma experiência para quem acessa o seu site tanto através do computador quanto do smartphone. Um usuário que entra no seu site pelo celular (grande parte dos acessos, acredite) e se depara com um projeto de design mal otimizado não continuará navegando e irá buscar suas respostas em outro lugar.

Dentre os itens citados, o design do site responsivo é um dos que merecem mais atenção na sua checklist!

Hospedagem

Tudo o que existe na internet são dados. E dados precisam estar armazenados em algum lugar, certo? O mesmo vale para seu site.

A hospedagem do site se trata de disponibilizar os dados do seu site para os usuários através de diferentes servidores, baseados na sua necessidade. Antes de contratar um serviço, leve em consideração que existem algumas opções de hospedagem:

  • Compartilhado, como o nome já diz, se trata de um servidor no qual estarão armazenadas não apenas as informações do seu site, como de outros. Ideal para sites que estão começando, é a opção que acaba cabendo melhor no bolso. Um problema desse modelo está no desempenho, afinal o seu site está compartilhando recursos com diversos sites e programas que você desconhece, então caso um deles esteja mal programado ou sofra ataques o seu site também será prejudicado, sofrendo quedas ou instabilidade. Outra questão importante é que alguns recursos mais avançados não estão disponíveis em hospedagens compartilhadas, justamente por questões de performance.
  • Dedicado, que garante mais força aos sites que recebem um número maior de acessos. Aqui, como o nome já diz, você terá um servidor exclusivo para o seu site, assim como acesso total as funcionalidades que o provedor da hospedagem oferece. Ideal para sites de grandes marcas ou que recebem tráfego simultâneo constante.
  • Em nuvem, a opção mais recente e mais poderosa. Se trata da junção de um ou mais servidores dedicados para atender as necessidades do seu site. Os sistemas aqui são alterados para ter uma sinergia maior com o seu site e o número de acessos.

Fique de olho também nos recursos de hardware do seu servidor. Armazenamento SSD, memória RAM e o processador vão garantir estabilidade e performance para o seu site.

O suporte da hospedagem também é peça fundamental nesse quebra cabeça. De prioridade para empresas com suporte em português e com atendimento mais humanizado, afinal, você não quer ficar horas esperando o atendimento enquanto o seu site está com problemas.

Se você deseja saber como criar um site de sucesso, saiba que a hospedagem é parte crucial. Um site que não consegue ficar no ar por muito tempo terá métricas bastante ruins.

É a hospedagem que garantirá o desempenho e irá segurar as pontas quando seu site crescer e muitos acessos forem feitos simultaneamente.

Domínio

A seleção e compra de um domínio pode parecer até simples, mas é um caso bem complicado para muitas empresas que possuem concorrentes com nomes parecidos.

O seu domínio é um dos fatores que valorizam a sua marca e auxiliam na divulgação dela. Sites com domínios que são fáceis de serem reconhecidos ficam fixados com mais facilidade na memória de seus clientes, e acabam sendo recomendados com mais frequência.

Pesquise, veja as variações disponíveis e opte pela que será associada mais facilmente. Lembra das palavras-chave? Se a sua marca se enquadrar, utilize-as aqui também.

Segurança

Você quer que seu site cresça. Isso significa mais visibilidade, mais acessos e um maior alcance da sua marca. Mas também abre espaço para problemas envolvendo ataques e tentativas de derrubada do site. Só quem já teve seu site invadido sabe a dificuldade de recuperar.

Se você deseja que seu site continue no ar sem nenhuma preocupação, não há outra maneira se não investir em segurança. Recomendamos algumas práticas básicas para aumentar o nível de segurança:

  • Atualize sempre o seu CMS: o software onde seu site foi criado precisa estar funcionando bem para que seu site não esteja exposto a qualquer tipo de riscos. Grande parte dos ataques são feitos em softwares desatualizados.
  • Senhas: os acessos ao site são as informações mais importantes para guardar. Senhas complexas dificultam a vida de qualquer invasor que tente criar problemas para seu projeto. Além disso, recomendamos que você varie as senhas periodicamente.
  • Backup: qualquer dado perdido pode ser recuperado – se você tiver um backup atualizado, claro.

Se o seu site é feito em WordPress, existem alguns plugins que podem te ajudar a lidar com as questões de segurança, como o iThemes Security, Jetpack, Sucuri Security e o Google Authenticator.

Velocidade

A demora de carregamento é um dos motivos principais do rebaixamento da posição dos sites no ranqueamento do Google. É um dos fatores mais importantes quando falamos de experiência do usuário.

Aliado ao design responsivo, é necessário um trabalho atencioso para que as métricas do seu site sejam boas. Adicione ao checklist:

  • As imagens do site estão comprimidas?
  • Os códigos do site possuem conteúdos desnecessários que não estão sendo utilizados?

Uma dica: caso você não saiba quais pontos devem ser melhorados em um site, existe uma ferramenta do Google chamada PageSpeed, que aponta o tempo de carregamento e os pontos de melhoria de um domínio. Utilize-a para estudar sites que você conhece e aplique na construção do seu.

Conteúdo

Seu site terá um objetivo ao ser criado, e é importante que o seu conteúdo seja coerente com o assunto do site.

Além do trabalho em SEO, os conteúdos precisam agregar valor para o usuário que acessar o seu site. E não estamos nos referindo necessariamente a um blog repleto de artigos, mas sim sobre a criação do site como um todo.

Um conteúdo bem estruturado é a melhor maneira de externalizar a autoridade sobre um assunto e a qualidade dos serviços que uma empresa presta. Como você pretende mostrar os diferenciais da sua empresa, se isso não fica claro logo de cara para quem estiver acessando o site?

Nós recomendamos a criação de um blog para a postagem de conteúdos regulares, pois se trata de uma das estratégias mais eficazes para a aquisição de novos clientes. Se os conteúdos produzidos pela sua marca respondem as dúvidas do usuário, ele se tornará consumidor frequente disso. Então:

  • Os textos e imagens fazem sentido com o que você quer passar?
  • Os conteúdos estão bem escritos e se diferenciam dos concorrentes?
  • Faça uma lista de assuntos que você pode tratar em um blog e crie conteúdos educativos para seu público-alvo.

Vamos lá?

Agora que você já sabe como criar um site e quais itens precisam ser planejados, já pode iniciar o seu!

Criar um site é um processo que demanda conhecimento e expertises diferentes para funcionar, mas não é uma tarefa impossível de ser feita sozinho. Se preocupando com os assuntos listados nesse post, seu site já será criado com pontos na frente da maioria da internet.

Se todos os pontos citados estiverem bem construídos, seu site estará bem otimizado para o ranqueamento dos motores de busca e as únicas alterações que você fará no futuro serão para aprimorar a experiência dos usuários – e não para corrigir erros.

Não esqueça que trabalhar com sites é um serviço que demandará tempo e dedicação. No entanto, se diariamente você tirar um tempinho do seu dia para melhorar o seu site e seus conteúdos, logo você terá resultados muito positivos.

E se você ainda tiver dúvidas ou precisar de ajuda de profissionais para a criação de seu site, mande uma mensagem para a Tupiniquim. Nós ficaremos felizes em solucionar os seus problemas!

Camila Gimenes é especialista em marketing digital e performance

Agência Tupiniquim

Site: www.agenciatupiniquim.com.br

E-mail: camila@tupiniquimdesign.com.br

Cel: +55 11 95000-8885